Seu nome está no Cadastro Positivo? Há boas razões para perseguir esse objetivo.

Se você não sabe bem do que se trata, não se preocupe, pois este texto vai abordar o que há de mais importante sobre o tema.

Criado em 2011, a partir da Lei Nº 12.414, e com recente atualização em 2019, o mecanismo tem tudo a ver com as suas finanças.

Dessa forma, está relacionado à maneira como você lida com compras, boletos e modalidades de concessão de crédito (entre financiamentos, empréstimos e crediários).

Continue lendo para conferir tudo sobre o Cadastro Positivo e tirar suas dúvidas!

...

Em menos de 2 minutos, tenha uma estimativa da sua expectativa de vida e do dinheiro necessário para a sua longevidade financeira diante de uma vida mais longa: https://finan.to/simulador.

...

O que é Cadastro Positivo?

O Cadastro Positivo é uma ferramenta de registro financeiro, presente no Brasil e em mais de 70 países.

Ele reúne informações a respeito do comportamento de qualquer pessoa física ou jurídica no pagamento dos seus compromissos.

Podemos dizer que esse recurso funciona como uma espécie de currículo financeiro, a partir do qual as instituições que oferecem crédito conseguem consultar o histórico do cliente.

Diferentemente do cadastro negativo, que só lista as dívidas ativas da pessoa, o positivo traz o conjunto completo, com as contas, os financiamentos, os empréstimos e demais faturas pagas ou não.

Ter seu nome listado no Cadastro Positivo pode sinalizar que você é um bom pagador e, por isso, faz jus a condições facilitadas de acesso ao crédito no mercado.

Como funciona o Cadastro Positivo?

A partir do Cadastro Positivo, é calculado o score de crédito da pessoa, que nada mais é do que a sua pontuação enquanto consumidor.

Ele funciona como uma nota, que indica qual é o risco de esse indivíduo se tornar inadimplente.

Essa nota vai de 0 a 1.000, sendo que, quanto maior for o valor, menores são as chances de a pessoa adquirir dívidas e não honrar com os seus compromissos.

Ou seja, na prática, a ferramenta pode jogar a seu favor, dependendo de como for o seu comportamento com as finanças.

Caso você quite seus pagamentos em dia, seu score vai aumentar.

Assim, quando as empresas consultarem o seu Cadastro Positivo, podem aprovar o crédito com mais facilidade por conta do seu histórico favorável.

Dúvidas importantes sobre Cadastro Positivo

Chegou a hora de você tirar qualquer dúvida que tenha restado sobre o Cadastro Positivo.

Acompanhe!

O Cadastro Positivo precisa ser ativado junto às empresas de proteção ao crédito?

Não. Desde o dia 9 de julho de 2019, a adesão ao Cadastro Positivo se tornou obrigatória a qualquer pessoa com CPF ou CNPJ.

Mas você não precisa fazer nada, pois esse processo é automático.

Ou seja, sempre que você realizar uma compra a prazo, pagar suas contas de consumo ou abrir um empréstimo ou financiamento, as informações estarão disponíveis para consulta.

O que depende de você, caso queira, é a remoção do seu nome desse cadastro.

Ela pode ser solicitada a qualquer momento e o prazo para exclusão é de até dois dias úteis.

O Cadastro Positivo acaba com a privacidade de informações pessoais?

Não, suas transações financeiras e seus dados pessoais não serão divulgados sem o seu consentimento.

Na configuração padrão, apenas o seu score, com o histórico financeiro, é mostrado às empresas.

Agora, se você quiser, pode autorizar a abertura dos seus dados, caso busque uma oferta de crédito mais personalizada ao seu perfil, por exemplo.

É possível contestar informações do Cadastro Positivo?

Sim, é possível.

Caso você encontre algum tipo de divergência no seu histórico de informações positivas, basta solicitar a revisão junto ao órgão de proteção ao crédito.

Inclusive, você pode consultar o seu Cadastro Positivo a qualquer momento e de forma gratuita.

Na Serasa, por exemplo, tudo o que você precisa fazer é indicar o seu CPF e criar um login, informando nome completo, data de nascimento e e-mail.

Manter um Cadastro Positivo tem a ver com bons hábitos financeiros e desenvolver uma relação mais saudável com o seu dinheiro.

Para isso, o primeiro passo é investir em educação financeira e na montagem de um plano para você, seguindo um bom método planejamento financeiro.

Se você gostou das informações, continue acompanhando a gente na série Longevidade Financeira de A a Z.

Abra a sua conta em minutos na MAG Investimentos para ter acesso aos TOP Fundos de Investimento do mercado.

Fundos campeões de rentabilidade para todos os perfis de investidores. Acesse:  https://finan.to/maginvestimentos.

Esse conteúdo foi adaptado para a série Longevidade Financeira de A a Z, publicada especialmente no portal do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: