Conseguir renda extra, seja para pagar as contas, seja para guardar dinheiro ou realizar sonhos, é algo que boa parte dos brasileiros deseja.  Além disso, ganhar mais é um dos pilares da Longevidade Financeira. A boa notícia é que há algumas alternativas para conseguir isso. Uma delas é vendendo as coisas que você não usa mais. E, acredite, todo mundo tem algo que não usa e pode interessar a alguém.

“Pesquisas mostram que até 80% de tudo que a gente compra é por impulso. Se é assim, o que acontece? Temos um monte de coisas em casa que não têm serventia, ou que não serviram, enjoamos, etc. Essas coisas podem ser um verdadeiro tesouro. Faça um mutirão. Você pode convidar a  família para fazer parte disso.”, explica o educador financeiro Thiago Martello.

O objetivo é a família se juntar para separar todos os itens que podem ser usados para fazer renda extra. “A proposta é assim: tudo que vocês não usaram por pelo menos 6 meses precisa ir embora. A varredura pode ser feita cômodo por cômodo. Tirem tudo do quarto. Abram guarda-roupa, gaveta, baú, e vão pondo tudo num canto. Depois que juntaram tudo, o trabalho é limpar, ver se ainda tem caixa, nota, e bater foto de tudo.”, sugere Martello. “Aí é ir fazendo uma pesquisa, item a item, para ter idéia de quanto é possível cobrar pelo item na internet.

Para a educadora financeira Maria José Lopes Almeida, fazer renda extra vendendo o que não usa também é uma forma de organizar a bagunça da casa, entender os excessos e até ajudar na própria organização financeira. “A sensação de ordem e limpeza proporciona fluidez positiva de energias Desapegar de objetos que você não usa mais, seja vendendo, trocando ou doando, vai te proporcionar alegria e bem estar. Considere, portanto, a possibilidade de repetir esse gesto a cada 6 meses.”, sugere.

Martello complementa, explicando que o desapego proporciona um ambiente mais adequado e organizado; e isso se torna reflexo para outras áreas da vida. “O  processo de vender coisas é o processo de revisitar decisões, ver o que comprou e não foi usado, por exemplo. E numa próxima vez certamente pensar melhor.”

Pessoa fotografando o par de tênis para conseguir renda extra

Foto: Kamil Zajaczkowski/shutterstock

Confira lugares onde você pode conseguir renda extra desapegando

  • OLX: É um ótimo lugar para fazer renda extra com a venda de usados. Os anúncios são gratuitos e há categorias diversas, como móveis, eletrônicos, acessórios para decoração, etc. O preço e a entrega são combinados entre comprador e vendedor.
  • Mercado Livre: Também é uma opção interessante para quem tem objetos usados para vender. O anúncio é gratuito, mas dependendo da exposição pode haver algum pagamento extra ou tarifa. O envio do produto é via Correios e compradores e vendedores podem ser avaliados, o que ajuda na confiança.
  • Enjoei: O site de venda de usados abrange desde roupas e calçados até objetos diversos. Há uma comissão que depende do valor do produto e da possibilidade de dividir o pagamento no cartão de crédito.
  • Remobile: O site é focado em objetos de decoração e móveis usados. É preciso fazer um cadastro e o item passa por uma análise. Uma vez aprovado, é colocado à venda. A comissão é de 20% e os custos de entrega são por conta de quem compra.
  • Redes sociais e brechós: Facebook, Whatsapp e Instagram são boas opções para oferecer itens que você não usa mais e fazer renda extra, especialmente se você estiver em alguns grupos de troca, compra e venda de usados. Além disso, vale dar uma pesquisada em brechós que compram peças ou permitem a troca. 

Planilha de Planejamento Financeiro

Preocupado com as contas ao final do mês? Baixe a planilha GRATUITA de planejamento financeiro e fuja do vermelho!

Livro


Leia também:

Cuidar dos netos: serviço deve ser cobrado? 

Empreendedorismo sênior de olho nas oportunidades 

Como economizar dinheiro e fugir da crise 

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: