A aposentadoria conta com diversas condições durante o processo de solicitação. Mas, vai além disso! Os benefícios para aposentados, pensionistas, microempreendedores e contribuintes individuais possuem algumas peculiaridades que poucos conhecem. Veja então 5 curiosidades sobre os benefícios do INSS que podem te ajudar hoje ou no futuro.

5 curiosidades sobre os benefícios do INSS que poucos sabem

1. Se você não solicitar a sua aposentadoria, não irá se aposentar

Entre as 5 curiosidades sobre os benefícios do INSS, a primeira pode surpreender. Pois, mesmo sendo um direito previdenciário, o trabalhador precisa, obrigatoriamente, fazer a solicitação ao INSS.

Caso não faça o requerimento, não será possível ter acesso à aposentadoria ou qualquer outro benefício.

O lado positivo é que o seu pedido pode ser feito pela internet e sem sair de casa. Veja o passo a passo aqui.

2. Trabalhos perigosos ou que fazem mal a saúde podem contar a mais na hora de se aposentar

Esse tipo de trabalho é conhecido como “atividade insalubre ou periculosa”. Antes da Reforma da Previdência, aqueles que atuavam com determinado nível de insalubridade possuíam um acréscimo de 40% ou 20% no tempo de contribuição.

Essa porcentagem ainda é válida para quem exerceu atividades insalubres antes das mudanças na Previdência Social.

O benefício, infelizmente, não é mais válido para aqueles que possuem essas condições de trabalho atualmente. Ou seja, no pós-reforma.

3. É possível receber aposentadoria e pensão por morte ao mesmo tempo

Mesmo sendo possível receber os dois, após a Reforma da Previdência o segurado apenas receberá 100% do benefício com maior valor. O de menor valor será pago de forma proporcional.

Ou seja, o benefício “menos” vantajoso será pago com desconto. O cálculo segue a seguinte tabela:

I– 60% do valor que exceder um salário mínimo, até o limite de dois salários mínimos;

II– 40% do valor que exceder dois salários mínimos, até o limite de três salários mínimos;

III– 20% do valor que exceder três salários-mínimos, até o limite de 4 quatro salários mínimos;

IV – 10% do valor que exceder quatro salários mínimos.
Uma placa de papel amarela sobre um fundo azul escrito INSS. Imagem para ilustrar a matéria sobre 5 curiosidades sobre os benefícios do INSS. Crédito: Fernando Kazuo/shutterstock

4. O período trabalhado sem registro em carteira pode contar para a aposentadoria

Das 5 curiosidades sobre os benefícios do INSS, essa é uma das mais vantajosas de conhecer. Pois, é possível solicitar que o INSS reconheça o período trabalhado sem registro na carteira. Isso independente da empresa ter recolhido ou não as contribuições.

O trâmite é permitido pois o trabalhador não pode ser prejudicado caso a empresa não tenha contribuído. Afinal, essa é uma das responsabilidades do empregador.

No entanto, é necessário comprovar esse período de trabalho sem registro. Alguns documentos que servem para esse fim são:

  • Anotações na Carteira de Trabalho
  • Registro de empregados da empresa
  • Holerites
  • Ficha ponto
  • Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP)

5. Quem recebe pensão por morte não perde o benefício após um novo casamento

Das 5 curiosidades sobre os benefícios do INSS, essa é uma das dúvidas mais comuns. Já que quem recebe a pensão por morte pode acreditar um novo casamento cancele o acesso ao benefício.

Mas, na verdade, o pensionista pode se casar normalmente, sem problema algum.

Até 1991, o beneficiado que se casava novamente tinha a pensão por morte cancelada. Contudo, com as mudanças na lei de Benefícios da Previdência Social, o pensionista não perde o direito à pensão após casar-se.

Se você tem dúvidas sobre o INSS, confira o material exclusivo sobre com as respostas que podem te ajudar!

Além disso, caso você não saiba o tempo que falta para a sua aposentadoria, nós podemos te ajudar. Faça o teste na calculadora de aposentadoria e veja o melhor caminho para garantir a sua.

Leia também:

Saiba em que casos o afastamento pelo INSS conta para a aposentadoria

Salário dos aposentados do INSS para 2023 é divulgado; veja o valor previsto

Aposentadoria para donas de casa: confira o passo a passo para pedir

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: