Será que dinheiro compra saúde? Custo de vida elevado, impossibilidade de arcar com o valor de uma assistência médica e uma rede pública de saúde ineficiente: essa é a realidade da maior parte dos brasileiros atualmente. Entretanto, por mais que as circunstâncias sejam desafiadoras, ainda assim é possível se cuidar gastando pouco.

Atitudes simples e o estabelecimento de uma rotina saudável são as palavras-chaves para quem deseja investir mais na saúde, ainda que não seja possível contar com um grande orçamento financeiro. Quer descobrir como? Então continue com a leitura!

A importância do dinheiro para ser saudável

Certamente você já ouviu ou leu em algum lugar aquele velho ditado: "Dinheiro não compra felicidade". Mas será que ele compra saúde? A resposta é: sim. Contar com um orçamento mensal significativo proporciona um melhor acesso a médicos, hospitais de qualidade e medicamentos.

Entretanto, a realidade do Brasil está bem longe dessa constatação. Em uma pesquisa feita pelo Senado, em 2020, identificou-se que a cada 10 brasileiros, 7 deles não possuem plano de saúde. Mas, calma. Esse cenário pode ser desanimador, porém ainda assim é possível alcançar uma vida mais saudável.

Conforme dissemos, algumas atitudes simples são capazes de melhorar a sua qualidade de vida, além de prevenir o surgimento de doenças e até mesmo aumentar a sua longevidade. Confira as dicas que separamos e entenda melhor.

7 Dicas para cuidar da saúde sem gastar muito

Dinheiro compra saúde? Descubra como se cuidar gastando pouco

Vivemos em uma era totalmente digitalizada e a tecnologia pode ser uma grande aliada no sentido de possibilitar o acesso a materiais educativos e outras ferramentas que vão te ajudar a cuidar da sua saúde. 

Por exemplo, se antes para se exercitar você precisava pagar uma academia, agora é possível assistir aulas online gratuitamente, através de plataformas como o youtube. Descubra, a seguir, outras dicas valiosas para cuidar da saúde gastando pouco.

1. Durma o suficiente e tenha um sono de qualidade

A rotina é puxada e você não vê a hora de ir pra cama, certo? Mas como você vai conseguir ter um sono reparador se fica horas nas redes sociais antes de ir dormir? Esse tipo de entretenimento vai manter a sua mente ativa, assim como, te expõe à luminosidade. Daí, o resultado aparece no dia seguinte: cansaço e falta de energia mesmo tendo dormido por cerca de 8 horas.

Ok, mas no que isso interfere na minha saúde? Você deve ter se perguntado. A ciência já provou que pessoas com má qualidade do sono, estão mais propensas a sofrer derrames, infartos e até mesmo a desenvolver Alzheimer. 

Além disso, se você é da turma que dorme pouco, saiba que menos de 8 horas de sono diário também entra nessa questão. Viu como dormir bem pode te livrar de um monte de problemas futuros? Pois é!

2. Tenha uma alimentação saudável

Sim, isso pode soar clichê, mas a importância de manter uma alimentação saudável é fundamental para quem deseja evitar doenças e inúmeros impactos negativos na saúde. Obesidade, alto nível de colesterol e doenças cardiovasculares são apenas algumas das condições que costumam surgir devido a um cardápio diário pobre em nutrientes e pouco saudável.

A nossa dica é que você procure sempre evitar alimentos industrializados e introduza frutas, verduras e legumes na sua dieta diária. Claro que de vez em quando você pode se deliciar com uma pizza ou com um hambúrguer, afinal ninguém é de ferro!

O segredo está no equilíbrio. Então, em vez de passar no fast food por conta da correria diária, que tal optar por um lanche natural ou a famosa marmita? Agindo assim, além da sua saúde agradecer, você certamente vai acabar economizando uma boa grana!

3. Tenha uma rotina de exercícios físicos

Eu sei que você já deve estar careca de saber, mas ter uma rotina de exercícios físicos é fundamental para quem deseja cuidar da saúde gastando pouco. Manter-se ativo previne muitas, mas muitas doenças mesmo! Quer alguns exemplos? AVC, diabetes tipo 2, hipertensão arterial, obesidade, osteoporose, dores lombares e até mesmo determinados tipos de câncer, são os mais comuns.

Tá vendo como se dedicar apenas a algumas horas por semana a um treino ou atividade física pode ser importante para você? E dinheiro não é desculpa. Conforme sugerimos antes, você pode se exercitar a partir de aulas online gratuitas disponíveis no Youtube, caminhando em um parque ou até mesmo pelas ruas do seu bairro.

Muitos locais públicos também disponibilizam para a população, equipamentos e estrutura gratuita para malhar. Se você mora em São Paulo, pode encontrá-los nos seguintes parques:

  • Parque do Ibirapuera;

  • Parque da Aclimação;

  • Parque da Água Branca;

  • Parque da Luz;

  • Parque da Juventude e muitos outros!

Se você mora em outra cidade, uma pesquisa rápida na internet vai te trazer o nome dos locais na sua região em que você também pode encontrar essas facilidades. Incrível a quantidade de doenças que podemos evitar apenas sendo ativo, não é mesmo?

4. Faça terapia

Eu sei que investir em terapia é custoso e muitos de nós não podem se dar a esse luxo. No entanto, cuidar da saúde mental é tão importante quanto cuidar da saúde física. Os índices de depressão e ansiedade do Brasil são assustadores. Pesquisas sugerem que mais de 10% dos brasileiros sofrem de depressão e esse percentual não para de crescer.

E se você ainda não dá bola pra saúde mental, saiba que a depressão, por exemplo, aumenta significativamente o risco para o desenvolvimento de uma série de outras condições, como alterações hormonais, constipação, demências, úlceras gástricas, alergias e problemas cardíacos.

A boa notícia é que, sim, é possível fazer terapia gastando muito pouco ou até mesmo sem gastar. Em uma simples busca na internet, é possível encontrar ONGS e programas universitários que oferecem terapia gratuitamente ou a preço popular para a população. Em São Paulo, a lista de atendimentos é extensa e variada.

5. Tenha contato com a natureza

Quem mora em cidade grande, certamente em algum momento, já sentiu falta de respirar ar fresco ou do contato relaxante que a natureza proporciona. E não é só prazeroso e agradável, de fato, o contato com a natureza pode ser um fator decisivo para a promoção da sua saúde.

Conviver ou ter contato frequente com o verde, melhora a saúde mental, reduz os níveis de stress, diminui a pulsação e a pressão arterial e ainda turbina a memória. Então que tal incluir na sua rotina, passeios ao parque durante os finais de semana?

6. Invista em suplementos e vitaminas

Você já foi ao nutricionista esse ano? Sabe como estão os seus níveis de vitaminas? Pois saiba que esse é outro fator que costuma impactar de modo relevante no seu bem estar e na sua saúde. Baixos níveis de vitamina D, por exemplo, provocam um cansaço enorme! Uma pessoa cansada não rende no trabalho, fica mais propensa a entrar em um quadro depressivo e o, principal, não vai ter energia para se exercitar.

Viu como uma coisa leva a outra? Portanto, é importante que você também tenha atenção a essa questão e procure fazer check ups e exames de sangue periódicos para garantir que todos os seus nutrientes e vitaminas estejam em dia.

Se for o caso, começar com a ingestão de cápsulas de vitaminas e sais minerais através da suplementação pode transformar a sua vida. E analisando sobre o ponto de vista financeiro, sem dúvidas, é melhor gastar com isso do que com um tratamento mais complexo, certo?

7. Medite

A vida corrida, compromissos e preocupações diárias acabam, fatalmente, acabam afetando o nosso humor e contribuindo para elevar os níveis de ansiedade. E conforme falamos anteriormente, ansiedade e depressão são portas abertas para o surgimento de outras doenças mais graves.

Então por que não começar a meditar hoje mesmo? Essa prática reduz os níveis de stress e de ansiedade e contribui para a concentração, além de energizar e dar aquele up que todo mundo precisa para enfrentar as loucuras do dia a dia. 

Separe um cantinho agradável de casa e com a ajuda de tutoriais gratuitos online, procure meditar algumas vezes por semana. Em pouco tempo você vai conseguir notar o potencial que a prática possui de melhorar diversos aspectos da sua vida!

Conseguiu perceber como pequenas atitudes e hábitos podem te ajudar a prevenir doenças e melhorar a sua saúde? E o melhor, em todas as dicas que trouxemos, não é preciso contar com um enorme investimento para adotar as mudanças.

Gostou desse conteúdo? Então continue acessando o nosso material e confira outras informações úteis que preparamos para que você viva com longevidade e de modo mais saudável! Dinheiro pode comprar saúde mas ter hábitos saudáveis custa pouco e é possível trazê-los em grande quantidade para nossas vidas!


E quer saber como economizar com seus medicamentos? Faça seu cadastro no Instituto de Longevidade e tenha acesso a descontos em farmácias de todo o Brasil.


Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: