Você já parou para pensar no impacto que um relacionamento amoroso pode ter nas suas finanças? Caso tenha dúvidas do que é mais econômico, fique sabendo: uma pesquisa publicada pelo jornal britânico Daily Mail apontou que é mais caro viver como solteiro do que como casado.

Segundo estimativas do jornal, em 2018, os solteiros gastaram, em média, 2 mil libras a mais por ano que os casados. O motivo é que, por estar em um relacionamento, é possível aproveitar descontos que barateiam custos como de viajar, seguros e até mensalidades de academia.

Mas antes de botar a aliança no dedo, saiba que a conta não é tão simples. Os solteiros também têm lá suas vantagens financeiras.

Solteiro ou casado: quem gasta mais? Veja como um relacionamento pode impactar suas finanças

Veja a seguir de que forma estar em um relacionamento impacta na sua longevidade financeira:

Poupar certo

Os comprometidos tendem a ser melhores poupadores. Um dos grandes segredos para poupar dinheiro é estabelecer metas e objetivos.

Ao estar em um relacionamento sólido, é natural ter planos para realizar juntos. E, na maioria das vezes, são objetivos grandiosos, que requerem mais dinheiro, como comprar carro, casa ou fazer um festão de casamento. Além disso, juntando as duas rendas é mais fácil alcançar conquistas que requerem mais dinheiro.

Mas isso não quer dizer que os solteiros também não possam poupar dinheiro. Especialmente aqueles que ainda moram nas casas dos pais, é possível economizar bastante. Mas isso é papo pro nosso próximo tópico!

via GIPHY

Gastar bem

Quando falamos em gastar bem, os casados tendem a usar o dinheiro de forma mais estratégica para compras que vão trazer melhor custo-benefício. Mas isso não é regra, viu? Também tem muito solteiro que pensa bastante antes de fazer uma compra.

Porém, o peso das despesas domésticas geralmente é menor sobre os casados do que sobre solteiros que moram sozinhos. Claro que gastos com alimentação, por exemplo, vão aumentar, afinal, são duas bocas para alimentar. Mas é possível economizar com despesas como o aluguel, que impacta menos se puder ser dividido entre duas pessoas.

Por outro lado, solteiros tendem a gastar mais com despesas fora de casa. Afinal, o ritmo de atividades como festas ou encontro com amigos tende a ser maior quando não estamos em um relacionamento.

via GIPHY

Ganhar mais

Aqui, os solteiros levam vantagem. Sem compromissos familiares, sobra mais tempo para dedicar à carreira.

Para ganhar mais, o solteiro pode fazer cursos que vão elevar suas qualificações profissionais ou pegar trabalhos como freelancer.

via GIPHY

Investir melhor

Ao contrário do que muitos pensam, investir dinheiro é para todos. Independente se é casado ou solteiro, basta se educar financeiramente para aprender a investir melhor.

Investir é a melhor estratégia para de fazer seu patrimônio crescer e se manter em expansão em qualquer fase da vida. Além disso, não é preciso ter muito dinheiro para começar: com menos de R$ 100 já é possível investir o seu dinheiro e vê-lo render.

Conheça investimentos para fazer a partir de 100 reais

via GIPHY

Proteger o patrimônio

Seja casado ou solteiro, todos precisamos estar preparados para lidar com imprevistos. Crises financeiras, desemprego ou mesmo um problema de saúde podem desestabilizar o orçamento de qualquer pessoa.

Mas há algumas diferenças que estar em um relacionamento ou não podem trazer para você proteger seu patrimônio. Veja por exemplo a contratação de um seguro de saúde: quem está casado pode aproveitar descontos ao optar por um plano familiar.

Já ao adquirir um seguro de vida, uma pessoa casada pode precisar de um plano com maior prêmio para garantir uma situação financeira melhor para a família, o que encarece a contratação.

via GIPHY


Viu só? O status de relacionamento pode sim impactar nas suas finanças, mas a grande verdade é que cada pessoa individualmente tem a capacidade de ser responsável por sua longevidade financeira.

Agora que você já identificou quais as possíveis “armadilhas” que estar casado ou solteiro pode trazer, vai ser ainda mais fácil controlar o seu dinheiro e ter hábitos para manter as finanças equilibradas!

Checklist de Controle de Hábitos Financeiros

Cultivo bons hábitos para sua longevidade financeira. Baixe GRÁTIS e imprima o checklist de controle de hábitos financeiros!

Livro


Veja também:

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: