Quem quer começar a aprender educação financeira para lidar melhor com as finanças, pode encontrar nos livros grandes aliados. E existem livros de educação financeira que podem abrir os horizontes de quem está nesse processo. Separamos 5 deles para você colocar em sua lista de leitura. Confira!

Mulher lendo livros de educação financeira

Crédito: Lordn/shutterstock

Livros de educação financeira

Pai Rico, Pai Pobre

A obra é considerada uma referência entre os livros de educação financeira. Ela explica conceitos importantes de forma simples, como a “corrida dos ratos”, movimento no qual a pessoa trabalha para comprar coisas como carro e casa e, ao comprar mais coisas, precisa continuar trabalhando para pagá-las. A primeira edição foi lançada em 1997 por Robert Kiyosaki e até hoje ganha atualizações.

A história do livro é baseada em experiências vividas pelo autor ao longo da vida, que contou com lições de dois pais diferentes: um com mentalidade pobre e outro com mentalidade rica.  O primeiro, por exemplo, costumava dizer “Não posso comprar isso”. Já o segundo dizia: “O que posso fazer para comprar isso?”.

A mudança de mentalidade é uma das grandes ferramentas para quem quer ganhar independência financeira segundo Kiyosaki. Ele explica que o pai rico o incentivava a todo momento a trabalhar a mente com esse foco.

Casais Inteligentes enriquecem juntos

Outro dos livros de educação financeira bastante conhecidos é esta obra de Gustavo Cerbasi. O autor explica que o dinheiro é uma das principais razões de brigas entre os casais e oferece lições importantes para que eles atuem em conjunto para conquistar sonhos e metas que dependem das finanças.

No livro, o autor afirma que existem diferentes perfis financeiros, sendo válido que os pares conheçam o perfil um do outro para entender as limitações individuais de cada um.

O planejamento familiar, segundo Cerbasi, seria uma das ferramentas mais importantes para evitar armadilhas financeiras. Ele também explica que o sucesso de um casamento depende do respeito às particularidades de cada um, sendo possível, ainda assim, administrar a renda de forma saudável se planos em comum forem estabelecidos.

Os segredos da mente milionária 

Muito se fala sobre se ter um mindset milionário para conquistar riqueza. Neste livro, Harv Eker aborda detalhasamente 7 pontos importantes para ajudar as pessoas a mudarem modelos antigos de pensamento e se abrirem para o novo. São eles:

  • O sucesso depende das coisas nas quais acreditamos e de nossas atitudes.

  • Qualquer problema relacionado a dinheiro é a manifestação de falta de harmonia em nosso interior.

  • Para ficar rico é preciso estabelecer objetivos e focar neles, e nunca focar em raiva, frustração ou vingança.

  • Os destinos não são imutáveis e é preciso deixar de agir no automático para agir com lógica, tanto nas ações quanto nos pensamentos.

  • É preciso desfazer a crença de que dinheiro não importa na vida.

  • Observe os hábitos de pessoas bem sucedidas e os tenha como referência.

  • Não é fácil ficar rico, na verdade é bem difícil. Mas a mentalidade milionária na capacidade de enfrentar os problemas e não desistir.

Pais Inteligentes formam sucessores, não herdeiros

Este é um dos livros de educação financeira essenciais para quem tem filhos, sobrinhos ou crianças sob sua responsabilidade. Nele, o psiquiatra e psicoterapeuta Augusto Cury aborda o conceito de herdeiros e sucessores. 

Os primeiros seriam imediatistas, não conseguem esperar pelo que querem e, assim, gastam o que têm rapidamente, não cultivando o que foi conquistado pelos pais e mestres. Os segundos pensam em médio e longo prazos e conseguem transformar para melhor o que receberam.

Na obra, Cury traça panoramas e oferece dicas e técnicas para que pais, professores e responsáveis em geral possam corrigir os caminhos da educação se preciso, focando na preparação de jovens que possam se tornar sucessores e não herdeiros apenas. 

A cabeça do investidor

A professora, psicanalista e psicóloga econômica Vera Rita Mello Ferreira escreveu este livro com foco no modo como a cabeça das pessoas funciona ao realizarem investimentos. Ela explica que, apesar do desejo de acertar sempre, somos movidos por impulsos e emoções. 

Muitas pesquisas já identificaram erros comuns que são cometidos neste momento e a autora os aborda de uma forma leve e descontraída. Por exemplo, a autora explica que a perspectiva de perder dinheiro incomoda tanto que leva os investidores muitas vezes a correr muitos mais riscos do que faria normalmente na ânsia de ganhar. 

Ela também trata do comportamento de manada, que acontece em momentos de incerteza, como quando um investidor passa a copiar o outro, comprando ações em momentos de alta e vendendo-as em momentos de baixa. 

Trata-se de um dos livros de educação financeira que devem constar na lista de quem busca aprender e entender que a mente é o primeiro ativo mais precioso para equilibrar e melhorar as finanças. 


Guia sobre Longevidade Financeira

Baixe gratuitamente nosso guia e saiba como se planejar financeiramente de forma prática e fácil.

Livro


Leia também:

Websérie explica o que é longevidade 

INSS disponibiliza cursos sobre aposentadoria de forma gratuita 

Detox financeiro: 5 trocas que você pode fazer para economizar 

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: