A formação familiar tradicional está se tornando cada vez menos presente na vida dos brasileiros. Uma casa em que moram pais e filhos está sendo gradualmente substituída por famílias mais diversas e até mesmo por formações que ultrapassam as gerações, como lares com avós, filhos e netos. Mas, quanto custa criar netos?

De acordo com os Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), compilado na revista Retratos do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2017, desde 2005, o perfil de composição familiar constituído por pai, mãe e filhos deixou de ser majoritário. Na pesquisa, arranjos tradicionais ocupavam apenas 42,3% dos lares. A formação de famílias sem filhos, com um único morador ou com avós vêm se tornando cada vez mais comum.

A participação dos avós na educação, na alimentação e também nos gastos com toda a família se torna, nesse cenário, cada vez mais ativa. Ou seja, mais despesas para eles.

Mas, quanto custa criar netos?

O maior problema atual para diversos brasileiros é a inflação. Segundo o pronunciamento do senador Paulo Piam (PT-RS), divulgado pelo Senado Notícias, o novo custo de vida assombra os brasileiros. Com o aumento no preço de alimentos, luz, água, combustível, criar filhos, assim como netos, se torna um desafio. Para as pessoas mais velhas, o impacto da inflação é ainda maior.

De acordo com a pesquisa do Instituto Nacional de Vendas e Trade Marketing (Invent), divulgada pela MAG Seguros, o custo para criar um filho até os 23 anos está entre cerca de R$ 53 mil a R$ 2 milhões. 

Em uma casa em que os avós participam efetivamente da criação dos netos, o valor pode interferir diretamente no custo de vida dos mais velhos, uma vez que o gasto de pessoas acima de 60 anos é naturalmente maior, por uma questão de saúde. Então, quanto custa criar netos afinal?

Ainda segundo a pesquisa, os investimentos com uma criança variam de acordo com a classe social, como pode-se ver abaixo:

Gastos          
Classe A              
Classe B              
Classe C              
Classe D
Moradia
R$ 345 mil          
R$ 298.200
R$ 61.400
R$ 28.800
Educação
R$ 703.644
R$ 365.900
R$ 185.100
Nulo
Lazer
R$ 421.024
R$ 94.800
R$ 38.800
R$ 4.800
Outros
R$ 616.934          
R$ 189.200
R$ 121.800
R$ 20.100
TOTAL
R$ 2,086 mi
R$ 948.100
R$ 407.140
R$ 53.700


Deve-se considerar, entretanto, que cada realidade é diferente e que a participação dos avós em cada família pode ser distinta.


E a divisão de gastos?

Muitas vezes, a avó ou o avô se tornam responsáveis pelas despesas e os cuidados com as finanças da casa. O que, considerando um lar com crianças e/ou adolescentes, significa arcar com os gastos dos netos.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Sesc em parceria com a Fundação Perseu Abramo (FPA), sobre Idosos no Brasil: Vivências, Desafios e Expectativas na 3ª Idade, 68% das pessoas acima de 60 anos que vivem com cerca de três familiares são responsáveis pelo domicílio. Ou seja, cerca de sete em cada dez entrevistados se identificam como responsável pela casa.

O projeto foi realizado em 2020 e entrevistou 2.369 pessoas acima dos 60 anos em regiões diversas do Brasil.

Um senhora de roupa azul, cabelos brancos e óculos, segurando um bebê de blusa branca listrada. Imagem ilustrativa para o conteúdo sobre quanto custa criar netos

Crédito: Dragana Gordic/shutterstock 

Toda regra tem exceção

Mesmo que existam pessoas acima de 60 anos responsáveis pelos gastos da família e, consequentemente, pela educação e pelas despesas dos netos, existe uma tendência de que esse grupo esteja cada vez mais interessado em seu próprio bem-estar.

Uma pesquisa divulgada pela Istoé revelou que o poder de compra de pessoas com mais de 60 anos alcança R$ 2,4 bilhões ao ano e que 70% do orçamento dessas pessoas é gasto com saúde, conforto e alimentação.

Nesse contexto, é compreensível que exista a polêmica de avós cobrando para cuidar dos próprios netos. Já que, mesmo que o grupo esteja disposto a participar da divisão de gastos familiares, os hábitos de pessoas 60+ estão cada vez mais voltados para o seu próprio consumo.


Quer ajuda para organizar seus gastos mensais? Baixe gratuitamente nossa planilha de planejamento financeiro!


Planilha de Planejamento Financeiro

Preocupado com as contas ao final do mês? Baixe a planilha GRATUITA de planejamento financeiro e fuja do vermelho!

Livro


Leia também:

Inflação no país: saiba como evitar que a alta dos preços afete o seu bolso

Quanto custa um filho e até onde vão as obrigações financeiras dos pais para com eles?

Poupar para os filhos é uma boa forma de garantir a longevidade financeira da sua família


Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: