O PIS/PASEP 2023 vai mudar de valor. Isso porque ele está diretamente vinculado ao valor do salário mínimo, que também muda a cada ano. Concedido pelo governo federal, o abono é sempre muito aguardado por quem tem direito a ele. O valor pago depende do tempo de trabalho exercido ao longo do ano. 

Algumas regras precisam ser seguidas para que um trabalhador tenha direito ao benefício. O PIS/PASEP 2023 também deve considerar os mesmos pontos. Ou seja, é preciso ter registro no PIS/PASEP e carteira de trabalho há pelo menos cinco anos,ter trabalhado com registro pelo menos 30 dias no ano relacionado ao pagamento e ter recebido até dois salários mínimos por mês no período trabalhado. 

Mulher pensando no valor do PIS/PASEP 2023 Foto: Asier Romero/shutterstock

Qual deve ser o valor do PIS/PASEP 2023?

Para quem quer saber o valor do PIS/PASEP 2023, é preciso considerar que, cada vez que o salário mínimo brasileiro é reajustado, o benefício também é. Por enquanto, o aumento do salário mínimo considera a inflação, como já explicamos em outra materia. Dessa forma, a expectativa, se nada mudar, é que o mínimo reajustado pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) fique em R$ 1.294 em 2023. 

Se o mínimo subir para R$ 1.294 em 2023, o PIS/PASEP 2023 também poderá ter esse valor como limite. Ou seja, quem tiver trabalhado com carteira assinada durante todo o ano de 2021 terá direito a receber o abono, cujo valor pode ser de até um salário mínimo. Quem trabalhou menos receberá de forma proporcional. 

Você pode estar se perguntando porque o PIS/PASEP 2023 deve considerar o trabalho em 2021 e não em 2022. Isso acontece por conta de um atraso no pagamento devido às mudanças acontecidas durante a pandemia. Neste ano de 2022, o PIS/PASEP pago considerou o tempo de trabalho em 2020. Em 2023 será considerado o período de 2021. E em 2024 será considerado o período de 2022.  


Já imaginou receber conteúdos sobre saúde, trabalho, finanças e muito mais diretamente no seu celular? Clique aqui e entre no nosso grupo do WhatsApp.


Leia também:

Salário mínimo ideal para familia brasileira deveria ser de R$ 6.527,67 

Como se preparar para as contas do início do ano

Começou o mutirão nacional de negociação de dívidas 



Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: