Uma nova portaria estendeu o prazo da prova de vida do INSS que, até o momento, havia sido suspensa. Com as novas datas, quem não fez o procedimento entre 2020 e 2021 terá até junho de 2022 para realizá-la. Confira o passo a passo de como fazer a prova de vida do INSS.

Sendo um protocolo do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), ela tem o propósito de evitar fraudes. É obrigatória para aposentados, pensionistas e para quem recebe benefícios do INSS por meio de conta corrente, poupança ou cartão magnético.

A comprovação obrigatória ficou suspensa em 2020, devido a pandemia e foi retomada em 1º de junho de 2021. Então foi suspensa novamente entre outubro e dezembro, voltando a ser obrigatória em 2022. Veja como fazer a prova de vida do INSS.

Como fazer a prova de vida do INSS?

A prova de vida deverá ser realizada no mês de aniversário do beneficiado. Aqueles que não fizeram o procedimento deverão realizá-lo na própria agência bancária em que recebe o benefício, por meio de biometria facial ou digital, presencialmente ou em casa. Além disso, ela pode ser feita tanto pelo titular quanto por um representante legal, como procurador, tutor, curador ou administrador provisório.

Veja como fazer a prova de vida do INSS pelo celular

A prova de vida pode ser feita pelo aplicativo Meu INSS, disponível para Android e IOS, seguindo os passos abaixo:

  • Faça o download do aplicativo Meu INSS e realize o login;
  • Aparecerá uma mensagem avisando que chegou a hora de realizar a prova de vida, com um botão nomeado “Instale o Meu gov.br”;
  • Clique em “Autorizações”, selecione a pendência e clique em “Autorizar”;
  • Escolha “Permitir” quando o aplicativo pedir para usar a câmera de celular para tirar fotos ou fazer vídeos;
  • O sistema também solicitará uma informação do documento que está no cadastro do governo, como a data de emissão da CNH digital. Informe;
  • Logo em seguida, posicione o rosto no centro do círculo na tela do celular. O sistema solicitará que o usuário faça alguns movimentos;
  • Ao final, uma barra azul indicará quantos segundos faltam para a conclusão dos movimentos e, em seguida, a prova de vida será concluída.

Como fazer a prova de vida do INSS por biometria facial

Para usar a biometria facial, é preciso que ela tenha sido cadastrada nos bancos de dados do TSE e Detran. O próprio sistema do aplicativo Meu INSS informa ao usuário caso ele não possa realizar o protocolo pelo aplicativo.

Prova de vida domiciliar

Os beneficiários que possuem alguma dificuldade de locomoção, doença ou são maiores de 80 anos podem solicitar prova de vida domiciliar. A solicitação deve ser agendada pelo telefone 135 ou pelo aplicativo Meu INSS.

Aqueles que fizerem o agendamento devem acompanhar o andamento do pedido pelos canais em que fizeram a solicitação e ficar atentos para a entrega, via Meu INSS, da documentação solicitada. A falta da documentação correta e completa pode inviabilizar o pedido e a prestação do serviço.

Veja como fazer a prova de vida do INSS presencialmente

Para realizar o procedimento presencialmente, basta comparecer ao banco onde recebe o pagamento. Algumas instituições oferecem o serviço através do caixa eletrônico ou mesmo pelo próprio aplicativo.

É preciso se informar sobre os horários de funcionamento para o procedimento, já que alguns bancos o fazem em horários diferenciados.

Confira o calendário da prova de vida 2022

Com a retomada da obrigatoriedade, a partir de 2022, independente do vencimento da prova de vida, o beneficiário deverá fazer o procedimento no mês de seu aniversário. Os bloqueios de quem não fizer a prova começarão a partir de julho de 2022.

De acordo com o INSS, se o beneficiário faz aniversário no mês de setembro, por exemplo, a prova de vida poderá ser feita no período de agosto a outubro. Caso não o faça, o bloqueio do crédito ocorrerá nos meses de novembro e dezembro.

Já no caso de quem não fez a prova de vida em 2020 e 2021, o INSS disponibilizou o seguinte calendário:

Vencimento da prova de vida Limite para fazer a prova de vida
Entre novembro de 2020 e junho de 2021 31 de janeiro de 2022
Entre julho e agosto de 2021 28 de fevereiro de 2022
Entre setembro e outubro de 2021 31 de março de 2022
Entre novembro e dezembro de 2021 30 de abril de 2022



Leia também:

Projeto para renegociação de dívidas para MEIs e MPES é aprovado

Calendário de pagamento do INSS já possui data para o depósito em 2022

Salário mínimo atualizado: veja qual será o valor em 2022

Compartilhe com seus amigos

Receba os conteúdos do Instituto de Longevidade em seu e-mail. Inscreva-se: